ÍNDICE COM TODOS OS ARTIGOS!

DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA

  1. Código de Ética – Federação de Montanhismo do Estado de São Paulo [Ver]
  2. Código de montanha UIAA [Ver]
  3. Curso de combate a incêndios florestais em montanha [Ver]
  4. Diretrizes para Escalada e Montanhismo em Áreas Naturais Protegidas [Ver]
  5. Normativas de uso do Caminho do Itupava [Ver]
  6. To Bolt or Not to Be  [Ver]
  7. Agenda 21: capítulo sobre montanhas [Ver]
  8. O livro dos Friends [Ver]
  9. Resolução CONAMA sobre campos de altitude [Ver]
  10. I Encontro Científico do Parque Estadual dos Três Picos [Ver]
  11. Código de ética do primeiro Congresso Brasileiro de Montanhismo (1993) [Ver]
  12. Congresso pro-Marumbi – 1983 [Ver]

IMAGENS

  1. Flores das montanhas de Minas Gerais [Ver]
  2. Orquídeas do Parque Estadual de Ibitipoca – MG [Ver]

MAPAS

  1. Mapas da Área Especial de Interesse Turístico do Marumbi [Ver]
  2. Cartas da Serra do Mar paranaense [Ver]

RELATÓRIOS TÉCNICOS

  1. Parque Nacional Saint-Hilaire/Lange (Serra da Prata) subsídios [Ver]
  2. Plano de prevenção a incêndios em Aparados da Serra – SC [Ver]
  3. Dossiê Baitaca [Ver]
  4. Plano de Manejo da AEIT do Marumbi [Ver]
  5. Resiliência a incêndios no Parque Estadual PicoParaná [Ver]

  6. Implantação de trilhas nos Mananciais da Serra [Ver]

  7. Proposta para criação do Monumento Natural da Pedra do Baú [Ver]

  8. Mapeamento da trilha frontal do morro Anhangava [Ver]

  9. Diagnóstico ambiental da Serra do Mar no Paraná [Ver]

  10. Parque Nacional do Itatiaia [Ver]

TRABALHOS CIENTÍFICOS

VEGETAÇÃO & FLORA

  1. A Floresta Ombrófila Densa na Serra da Prata [Ver]
  2. Incêndios florestais nas serras do Cipó e Rola Moça [Ver]
  3. Recuperação de um platô em ambiente altomontano [Ver]
  4. Matinhas nebulares e vegetação rupícola dos Aparados da Serra [Ver]
  5. Análise da vegetação montana de transição em Piraquara, Paraná [Ver]
  6. Geografia de incêndios em montanhas [Ver]
  7. Floresta Ombrófila Densa Altomontana: aspectos florísticos e estruturais de diferentes trechos na Serra do Mar, PR [Ver]
  8. Caracterização ambiental do P.E. Marumbi [Ver]
  9. Recomendações para controle de Pinus em campos de altitude [Ver]
  10. Florística da Floresta Ombrófila Densa Altomontana de quatro serras no Paraná [Ver]
  11. Impactos das alterações no Código Florestal em campos de altitude [Ver]
  12. Campos de altitude na Serra do Mar paranaense [Ver]
  13. Algumas características das plantas sobre as rochas [Ver]
  14. Myrtaceae dos campos de altitude do Parque Nacional do Caparaó [Ver]
  15. Solos e vegetação nos complexos de altitude da Mantiqueira e do Espinhaço [Ver]
  16. Florística e espectro biológico de refúgios altomontanos no morro Anhangava [Ver]
  17. A vegetação de campos de altitude no maciço Ibitiraquiri – PR [Ver]
  18. Análise ecossistêmica da Serra do Mar paranaense [Ver]
  19. Composição florística de um campo de altitude na Serra do Brigadeiro (MG) [Ver]
  20. O que são campos rupestres e campos de altitude nos topos de montanha  [Ver]
  21. Significado ecológico da orientação de encostas no maciço da Tijuca [Ver]
  22. Ilhas de vegetação em afloramentos no Morro do Pai Inácio, Chapada Diamantina [Ver]
  23. Estrutura arbórea de florestas altomontanas de serras do Sul do Brasil [Ver]

FAUNA

  1. Avifauna no topo da montanha [Ver
  2. Distribuição altitudinal e simpatria das aves do gênero Drymophila Swainson (Passeriformes, Thamnophilidae) na Mata Atlântica [Ver]
  3. Avifauna da Área Especial de Interesse Turístico do Marumbi [Ver]
  4. Aves como dispersoras de Rapanea em Itatiaia [Ver]
  5. Ecologia de mosquitos no Parque Nacional da Serra da Bocaina [Ver]
  6. Mosquitos no Parque Nacional da Serra dos Orgãos [Ver]
  7. Importância do corredor da Serra do Mar para a conservação de aves endêmicas [Ver]
  8. Levantamento da escorpiofauna do Parque Nacional da Serra das  Confusões, Piauí [Ver]
  9. Morcegos do Parque Estadual do Pico Marumbi: frugivoria e germinação de sementes [Ver]
  10. Atividade sazonal e uso do ambiente por anfíbios no alto da Serra do Mar em São Paulo   [Ver]

MEIO FÍSICO

  1. Um Brasil de montanhas [Ver]
  2. Cachoeira de Santa Bárbara no Rio São Jorge, PR [Ver]
  3. Geoconservação e desenvolvimento sustentável na Chapada Diamantina [Ver]
  4. Origem e evolução da Serra do Mar [Ver]
  5. A paisagem de Vila Velha e seu significado para a Teoria dos Refúgios [Ver]
  6. Avaliação das águas da travessia Petrópolis – Teresópolis [Ver]
  7. Características de organossolo da Floresta Altomontana do morro Anhangava [Ver]
  8. Unidades de paisagem no Parque Nacional da Serra dos Órgãos, RJ  [Ver]
  9. Geoambientes do Parque Estadual do Ibitipoca, MG [Ver]
  10. A geomorfologia da Serra do Espinhaço em Minas Gerais [Ver]
  11. Análise do uso  e  ocupação  do  solo  em Itatiaia  através de  sensoriamento  remoto [Ver]
  12. Aspectos metodológicos aplicados à Geoconservação no Rio de Janeiro [Ver]
  13. A Serra do Japi, sua origem geomorfológica e a Teoria dos Refúgios [Ver]
  14. Geomorfologia da região de Jaraguá, em São Paulo [Ver]
  15. “Dedo de Deus”, um tipo de facetas triangulares em clima tropical úmido [Ver]

MANEJO

  1. Caracterização da trilha e o impacto do montanhismo nos picos Camapuã e Tucum – Campina Grande do Sul – PR [Ver]
  2. Diagnóstico ambiental e identificação de potencial de uso de trilhas nos Mananciais da Serra/Pr [Ver]
  3. Escalada em rocha e seu potencial para a prática na região do município de União da Vitória [Ver]
  4. Monitoramento do trecho inicial da trilha da asa delta [Ver]
  5. Trilhas do P.E. da Pedra Branca (RJ) [Ver]
  6. Análise de proteções de escalada submetidas à ação da maresia [Ver]
  7. Daisy Chains e outras fitas solteiras [Ver]
  8. Examinando Purcell Prusiks como solteiras [Ver]
  9. Estudo sobre as proteções fixas (grampos) utilizadas no Brasil [Ver]
  10. Visitantes e avaliação dos impactos ecológicos e recreativos em Itatiaia [Ver]
  11. Bases para manejo de escaladas em UCs [Ver]
  12. Sistema de prevenção de incêndios na Serra do Cipó [Ver]
  13. Nós e resistência específica [Ver]
  14. Parque Nacional Montanhas de Tumucumaque (AP) [Ver]
  15. Capacitação profissional de guias e monitores ambientais na Pedra do Baú [Ver]
  16. Impacto ambiental de trilhas no maciço da Tijuca, Rio de Janeiro [Ver]
  17. Atividade Erosiva em Trilhas na Serra do Cipó, Minas Gerais [Ver]
  18. Manejo de trilhas no Parque Nacional da Serra Dos Orgãos [Ver]
  19. Manual de visitação do Parque Nacional Serra de Itabaiana/SE [Ver]
  20. Processos erosivos da trilha Noroeste – Parque Estadual Pico do Marumbi [Ver]

SOCIEDADE EM MONTANHA

  1. A educação vai à montanha [Ver]
  2. A ética no montanhismo [Ver]
  3. Arqueologia no caminho histórico do Itupava [Ver]
  4. As montanhas e suas representações através dos tempos: buscando significados [Ver]
  5. Esporte e ecologia: o montanhismo e a contemporaneidade [Ver]
  6. Pensando a relação homem-natureza a partir do montanhismo – Um estudo de caso no Morro Anhangava – PR [Ver]
  7. Parque Estadual Pico do Marumbi – PR, um estudo das escaladas em rocha [Ver]
  8. O montanhismo a partir da perspectiva sociológica [Ver]
  9. Uma leitura sociológica da obra “Sobre homens e montanhas” de Jon Krakauer [Ver]
  10. Humboldt nos Andes do Equador.  Ciência e romanticismo na descoberta científica da montanha [Ver]
  11. Perfil do Escalador Brasileiro, 2009  [Ver]
  12. O montanhismo representações e identidades nacionais [Ver]
  13. Escalada urbana – faces de uma identidade cultural contemporânea [Ver]
  14. Análise Histórico-Sociológica das transformações no montanhismo[Ver] 
  15. O montanhismo e a contemporaneidade [Ver]
  16. Convergências, divergências e interseções: dialógos sobre montanhismo [Ver]
  17. Montanhismo: o estudo dos povos de montanhas em prol da elaboração de políticas socioambientais  [Ver]
  18. Contribuições do montanhismo para a educação ambiental [Ver]
  19. Classificação de montanhas pela altura [Ver]
  20. Diagnóstico dos fornecedores de matéria-prima da Conquista Montanhismo [Ver]
  21. Estudo sobre saberes matemáticos produzidos na prática da escalada esportiva [Ver]
  22. A sustentabilidade na Serra do Mar do Estado do Paraná: uma avaliação de programas governamentais e não governamentais [Ver]
  23. Corpo e gênero entre os escaladores do Paraná [Ver]
  24. Montanhismo: uma perspectiva socioambiental [Ver]
  25. Subjetividade, amizade e montanhismo [Ver]
  26. Seres humanos e natureza: estudo a partir de prática corporal de aventura [Ver]
  27. Montanhas e suas águas: a paisagem carioca na legislação municipal (1937-2007) [Ver]
  28. Consumo do espaço espetacular no Parque Estadual dos Três Picos/Rj [Ver]
  29. Um olhar sobre a complexidade da escalada na educação física [Ver]
  30. A experiência do risco no alpinismo [Ver]
  31. Tombamento da Serra do Mar no Paraná [Ver]
  32. Sobre o alpinismo solitário [Ver]
  33. O alpinismo: uma experiência no (pelo) corpo [Ver]
  34. O morro da cidade e a cidade do morro:  aventura, turismo e lazer em Analândia [Ver]
  35. Caminho do Itupava (PR) educação patrimonial num sítio histórico [Ver]
  36. Caracterização da pressão antrópica no Parque Saint-Hilaire/Lange [Ver]
  37. O aquém na montanha, um recorte sobre o olhar paisagístico na América Latina [Ver]
  38. Circuito turístico das Serras de Minas [Ver]
  39. Pão de Açúcar: uma ou várias motivações de um mesmo topônimo? [Ver]
  40. Escalada, uma ascensão à transcendência  [Ver]

ASPECTOS ESPORTIVOS

  1. A influência da fadiga no tempo de reação de praticantes de escalada em rocha | [Ver]
  2. Consumo de drogas lícitas e ilícitas por praticantes do esporte de aventura escalada em rocha [Ver]
  3. Sistema de Apoio à Decisão em Escalada Alpina [Ver]
  4. Formação profissional no esporte escalada [Ver]
  5. Características antropométricas e desempenho de escaladores esportivos indoor [Ver]
  6. Atividades físicas de aventura na natureza: trajetória na região de São Carlos [Ver]
  7. Escalada na educação física escolar. Orientação adequada para a prática segura [Ver]
  8. Escalada esportiva na educação física escolar [Ver]
  9. Comparação do perfil antropométrico e funcional de escaladores militares e civis [Ver]
  10. Treinamento em altitude [Ver]
  11. A aclimatação e a prevenção dos efeitos fisiológicos na altitude  [Ver]
  12. Ajustes da freqüência cardíaca e da preensão manual na escalada esportiva  [Ver]
  13. Atividade física em moderadas e grandes altitudes [Ver]
  14. Lesões no Montanhismo  [Ver]
  15. O joelho nos esportes de aventura [Ver]
  16. Condicionamento físico na prática de esportes de aventura [Ver]
  17. Nutrição para exercício em grandes altitudes [Ver]
  18. Muro de escalada horizontal em ambientes escolares [Ver]
  19. Escalada indoor, proposta de trabalho para o professor de educação física [Ver]
  20. Análise dos flexores e extensores do punho em diferentes “pegadas” na escalada indoor [Ver]
  21. Bases para a preparação física de escaladores desportivos [Ver
  22. O perfil do instrutor de montanhismo em Minas Gerais [Ver]
  23. A comercialização das montanhas através das práticas de lazer [Ver]
  24. Orientações motivacionais de alpinistas [Ver]
  25. Motivos de adesão de universitários ao projeto Vivências em Escalada [Ver]
  26. A escalada: uma experiência de trabalho com portadores de necessidades especiais [Ver]
  27. Escalada: esporte e lazer, subsídios teóricos [Ver]
  28. Da natureza aos ambientes artificiais: escalada esportiva [Ver]
<!–[if gte mso 9]> Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE <![endif]–><!–[if gte mso 9]> <![endif]–> <!–[endif]–>

2 Responses to ÍNDICE COM TODOS OS ARTIGOS!

  1. Parabéns pela iniciativa. Estamos divulgando. Abraços e bons ventos.

  2. Rodrigo Polisel disse:

    Prezados amigos,

    Gostaria de parabenizá-los por esta excelente iniciativa!

    Meu nome é Rodrigo Polisel, sou coordenador dos cursos de extensão em Botânica da Brasil Bioma Estudos Ambientais (http://brasilbioma.blogspot.com) e em maio, lançaremos um curso de taxonomia de campo em Delfim Moreira, na regiao de altitude da Mantiqueira Meridional. Acessem o nosso blog para maiores informações.

    Tenho interesse em participar das pesquisas que realizam e peço se possivel, que nos ajudem na divulgação de nosso curso na região.

    Nosso facebook é Brasil Bioma

    Vamos manter contato!
    E-mail: nest_usp@yahoo.com.br

    Abs,
    Rodrigo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: