Demanda por montanhismo na região metropolitana de Curitiba: método de experimento de escolha

12/09/2016

Rodrigo Medeiros Ribeiro

Resumo

Este estudo foi realizado região de Curitiba, localizada no estado do Paraná, sul do Brasil. O objetivo foi de realizar a caracterização dos montanhistas e levantar suas preferências em relação aos serviços ofertados pela atividade de montanhismo, considerando as diversas áreas disponíveis para a prática do esporte. Por meio da metodologia do Experimento de Escolha (EE), é possível inferir a Disposição a Pagar (DAP) dos usuários, posteriormente utilizada como um indicador que revela quanto os montanhistas pagariam por possíveis melhorias nos percursos e melhores maneiras de administração das trilhas. Uma amostra de 173 praticantes de montanhismo foi analisada. Observou-se que a maior parcela concentra-se na região de Curitiba, se constitui de homens, esses habitam em sua maioria em casas e estão em uma classe de idade entre 18-29 anos. Ainda sobre os usuários, foi observado que 53% possui ensino superior completo, 34% se constituem de funcionários de empresa privada e 77% possuem renda até 5 salários mínimos. A maior frequência de visitação foi encontrada para o morro do Anhangava. Sobre a continuidade de investimentos em áreas verdes, uma maioria de 98% é de acordo. As principais justificativas foram: melhora da qualidade de vida e manutenção das paisagens/trilhas. Na estimativa das preferências por meio do EE, foi encontrado como atributo mais relevante, quando na avaliação de um lugar para prática de montanhismo, a quantidade de pessoas durante uma trilha. Em segundo grau de importância, foi identificada como sendo a qualidade desses percursos. Para as variáveis comprimento da trilha e dificuldade, foram observados valores negativos, ou seja, não possuem utilidades representativas. Finalmente, os montanhistas estariam dispostos a pagar até R$16,50 por uma trilha que não fosse lotada e R$ 4,84 por um trilha de boa qualidade. Espera-se que essas informações sejam valiosas para o futuro da gestão das áreas de montanhismo, ou ainda, sirvam de apoio para estudos de valoração ambiental em outras áreas, a fim de permitir aos gestores um destino mais adequado dos recursos. Keywords: Disposição a pagar, Experimento de Escolha, Valoração ambiental.

Palavras chave: pagamento por serviços ambientais, montanhismo

Ver o texto completo

 

Anúncios