Congresso pro-Marumbi – 1983

30/08/2011

RESUMO

Neste álbum está contido um significativo documento histórico: os anais originais do Congresso pró-implantação do antigo Parque Marumbi, que aconteceu em 1983 com o intuito de reivindicar a efetiva implantação deste parque que durante muitas décadas foi o símbolo da luta pela proteção pela Serra do Mar paranaense. O documento mostra o clima dos movimentos ambientalistas e alguns confrontos e propostas em relação aos governos de então, ainda durante o período ditatorial.

Ver o documento


Cartas da Serra do Mar paranaense

30/08/2011

Link para album com cartas coloridas da Serra do Mar paranaense

Ver o album


Unidades de paisagem no Parque Nacional da Serra dos Órgãos, RJ

26/08/2011

Sandro Nunes de Oliveira, Osmar Abílio de Carvalho Júnior, Éder de Souza Martins, Telma Mendes da Silva, Roberto Arnaldo Trancoso Gomes, Renato Fontes Guimarães 

RESUMO

A análise da heterogeneidade da paisagem é fundamental para o planejamento do ecoturismo porque estima uma relação ótima entre a conservação e as alternativas turísticas. A metodologia de paisagem possibilita descrever não só a beleza cênica, porém também o grau de estabilidade do sistema ecológico. A pesquisa da paisagem para o ecoturismo integra os diferentes componentes naturais (relevo, condições climáticas, solo, cobertura da vegetação, etc.) e avalia suas inter-relações com as características do destino turístico. A geomorfologia é sempre considerada um dos fatores mais importantes que controla a heterogeneidade espacial em áreas com alta variação topográfica. Nesse caso, os parâmetros do relevo indicam a distribuição da temperatura e da umidade, exposição à direção de vento, vegetação, habitat entre outros. A área de estudo é o Parque Nacional da Serra dos Órgãos, um dos mais visitados no Brasil, com um vasto número de opções para visitantes de ecoturismo, tais como diversidade ecológica, significado histórico e oportunidades de recreação. O presente artigo objetiva definir unidades de paisagens doparque nacional da Serra dos Órgãos a partir de sensoriamento remoto e atributos de terreno. Além disso, o artigo analisa a distribuição das atrações turísticas em relação às unidades de paisagem. Assim o procedimento de análise considera os tipos de paisagem, estruturas espaciais e limitações. O método da análise de paisagem para o ecoturismo permitiu uma perspectiva holística como também uma avaliação do potencial de recreação. 

Palavras-chave: Unidades de Paisagem; Modelo Digital de Terreno; Parque Nacional da Serra dos Órgãos; Mata Atlântica; relação solo-vegetação; ecoturismo.

Veja o texto completo


Motivos de adesão de universitários ao projeto Vivências em Escalada

25/08/2011

Flávio Idalírio de Lima Leite,  Luiz Gonçalves Junior

RESUMO

O Projeto de Extensão “Vivências em Escalada” tem o propósito de proporcionar conhecimento sobre a escalada. Podem se inscrever na atividade qualquer pessoa da comunidade interna ou externa da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), porém a pesquisa teve como sujeitos estudantes universitários da UFSCar (maioria dos inscritos). As atividades se desenvolvem predominantemente na parede de escalada da caixa d’água da UFSCar. As técnicas apresentadas aos inscritos são: “Boulder” e “Top-Rope” sendo que no final de cada semestre os participantes do projeto realizam uma excursão no Morro do Cuscuzeiro onde é obtido real contato com ambiente natural. Este estudo tem por objetivo investigar o(s) motivo(s) que levaram os estudantes a inscreverem-se no projeto e a respectiva percepção destes a respeito do possível impacto que o meio ambiente pode sofrer com as Atividades Físicas de Aventura na Natureza (AFAN) freqüentemente na mídia denominadas esportes radicais.

Palavras-chave: escalada, universitários

Ver o texto completo


Orientações motivacionais de alpinistas

25/08/2011

A.D. Rodrigues, J.P. Lázaro, H.M. Fernandes, J. Vasconcelos-Raposo

RESUMO:

O presente estudo pretende caracterizar os níveis de negativismo, ativação, autoconfiança e orientações motivacionais de diversos praticantes de desportos de montanha, tendo em conta diversas variáveis diferenciadoras (sexo, idade, anos de experiência, nacionalidade, formação e modalidade específica). Verificou-se uma associação positiva entre os níveis de negativismo e orientação para o ego. Dados os raros estudos realizados até à data sobre esta temática neste tipo de amostra, os resultados foram interpretados à luz dos respectivos modelos teóricos e especificidades desta atividade desportiva.

Palavras-chave: negativismo, ativação, autoconfiança, orientações motivacionais, alpinismo

Ver o texto completo



Caracterização da pressão antrópica no Parque Saint-Hilaire/Lange

19/08/2011

Francilene Denes 

RESUMO: 

A criação de áreas naturais protegidas pelo poder público com a finalidade de conservar a natureza, representa um capítulo recentemente introduzido na história da humanidade. No Brasil, as unidades de conservação (UC’s), como áreas protegidas, tem papel crucial na conservação da natureza. Porém, a criação destas áreas não é garantia de conservação ambiental. Neste contexto, este estudo teve como objetivo analisar as condições de manutenção da integridade do Parque Nacional Saint-Hilaire/Lange, no litoral do Paraná, quanto à conservação de seus recursos naturais e a própria razão de sua criação. A efetiva implantação desta unidade de conservação visa proteger a fauna e a flora da região, como parte de um corredor ecológico, constituído pela proximidade das unidades de conservação costeiras, localizadas nos estados do Paraná e de São Paulo. Como forma de atingir a meta proposta, utilizou-se como metodologia a análise sistêmica. O enfoque sistêmico permitiu verificar que o Parque Nacional Saint-Hilaire/Lange não oferece as condições ideais e necessárias no se refere à efetividade em se conservar/preservar a natureza. Essa situação se deve ao fato de que as atividades antrópicas desenvolvidas no entorno, a relação precária mantida entre a equipe gestora e a população residente no interior e no entorno do parque, não contribuem em nada no sentido de legitimá-lo como unidade de conservação.

Palavras-chave: Parque Nacional Saint-Hilaire/Lange, uso público.

Ver o texto completo


Características de organossolo da Floresta Altomontana do morro Anhangava

19/08/2011

Rodrigo Aquino de Paula 

RESUMO: 

Este trabalho teve como objetivo avaliar a esclerofilia, os teores e eficiencia na utilizacao dos macronutrientes foliares da especie l. microdonta (Reissek) – AQUIFOLIACEAE, na Floresta Ombrofila Densa Altomontana do morro do Anhangava, Quatro Barras, PR. A esclerofilia foi correlacionada estatisticamente com as caracteristicas quimicas do Organossolo sobre o qual a floresta se desenvolve e com os teores de nutrientes das folhas. Embora correlacoes entre a esclerofilia e os teores de nutrientes do solo e das folhas tenham se mostrado fracas e nao significativas, concluiu-se que a esclerofilia observada pode ser atribuida aos baixos teores de P no solo.

Palavras-chave: floresta nebular; macronutrientes; eficiencia na utlização de nutrientes; solos orgânicos.

Ver o texto completo