Consumo do espaço espetacular no Parque Estadual dos Três Picos/Rj

Pedro Egas Sidarta Moniz de Aragão

RESUMO:

Procuramos, no presente trabalho, diversidade de pensamentos acerca da paisagem nos diferentes segmentos sociais da população do Rio de Janeiro. Diversidade essa que pode ser em parte explicada pela existência de instituições que trabalham o imaginário da população, quer sejam os clubes cultivando a ética excursionista, quer sejam as operadoras de ecoturismo cultivando o consumo do espaço de uma forma espetacular (de atração pela imagem, pela coisa superficial, fabricada, falsa).  Como metodologia, nos utilizamos dos diversos trabalhos de campo realizados na região do Parque Estadual dos Três Picos/RJ, buscando assim entender como as diferentes ideologias construíram, na paisagem em questão, diferentes significados para a natureza e como estes produzem condutas diferenciadas.

Palavras-chave: turismo, paisagem.

Ver o texto completo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: