A vegetação de campos de altitude no maciço Ibitiraquiri – PR

Alvaro de Paola Tramujas 

RESUMO: 

Foram estudados aspectos florísticos e fisionômicos de áreas de Refúgio Altomontano Herbáceo-Arbustivo. Ocorrem  sobre montanhas do estado do Paraná, ao longo da Costa Atlântica — Serra do Mar — do sul do Brasil. A vegetação de Campos de Altitude cobre cerca de 500 hectares acima de 1300 m s.n.m. em elevações graníticas do maciço Ibitiraquiri e no pico Capivari Grande, onde está a maior altitude do Brasil meridional, o Pico Paraná (1887 m; 25°15’S; 48°48’W). A flora e a estrutura deste tipo de vegetação é de natureza pouco conhecida, encontrando-se em estado primitivo de conservação. Foram obtidas informações entre os anos de 1990 a 1999. O maciço Ibitiraquiri foi dividido em 6 setores, compartimentados por aspectos geológicos, geomorfológicos, hidrográficos e de acesso. Desenvolveram-se fichas específicas para coleta botânica e caracterização fitofisionômica dos conjuntos vegetacionais (comunidades relíquias). Esta caracterização resultou em um mapa fitogeográfico das áreas de Refúgio Vegetacional, incluindo caminhos de acesso (1:10.000) e vistas topográficas do maciço Ibitiraquiri (1:25.000). 

Palavras-Chave: campos de altitude, serra Ibitiraquiri 

Ver o texto completo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: