Características antropométricas e desempenho de escaladores esportivos indoor

16/12/2010

Rômulo Cássio de Moraes Bertuzzi, João Fernando Laurito Gagliardi, Emerson Franchini, Maria Augusta Peduti Dal’Molin Kiss 

Resumo: 

Este estudo teve por objetivos comparar as características antropométricas e a resistência muscular localizada (RML), apresentadas pelos escaladores esportivos de elite (EEB) e intermediários (EI) que praticam predominantemente a modalidade indoor

Palavras-chave: escalada esportiva indoor, características antropométricas, desempenho motor. 

Ver o texto completo


Formação profissional no esporte escalada

16/12/2010

Cris de Souza Cerqueira Costa

RESUMO 

O esporte escalada tem apresentado significativa expansão no Brasil, na última década. Atualmente constata-se um movimento no sentido de organizar as profissões relacionadas a esse esporte. Essa pesquisa parte da problemática da prática dos instrutores e guias de escalada e tem como objetivo final propor um modelo de formação profissional que possa ser utilizado nesse processo. Para isso utilizou-se a metodologia de levantamento descritivo, pela observação e análise de organizações, grupos e sujeitos, no Brasil e em outros seis países. O conhecimento das técnicas em altura mostrou-se o elo de ligação entre as profissões relacionadas à escalada, sendo a sua base a experiência prática. Nestes termos o modelo proposto é flexível e fundamentado na experiência dos escaladores e profissionais. Tem possibilidade de aplicação já na fase de transição. Esse modelo objetiva incentivar a participação dos candidatos no processo de formação ressaltando a necessidade de uma formação atualizada e contínua. 

Palavras-chave: formação profissional, escalada

Ver o texto completo


Escalada urbana – faces de uma identidade cultural contemporânea

16/12/2010

Alcyane Marinho, Heloisa Turini Bruhns 

Resumo 

Esse artigo propõe levantar discussões sobre os ambientes artificiais de escalada, os quais têm surgido como formas de conquista de espaços, tratando-se de uma opção de escolha por um tipo de comportamento próprio de uma camada social. Os vínculos, as relações de amizade, aí estabelecidos, são mais fortalecidos e duradouros, justamente pela relação mais direta estabelecida com a prática e com os outros escaladores. O grupos de escalada urbana que se formam, a cada dia, fazem parte de um movimento de resistência frente ao processo de racionalização e à desordem das cidades, manifestando inovação e criatividade, preservando e promovendo a sociabilidade, como reação ao individualismo. Os muros de escalada, espalhados pelos diversos cantos da cidade, surgem, portanto, enquanto formas de inovação e expressão cultural contemporânea, solidificados por uma política de amizade. 

Palavras-chave: escalada urbana

Ver o texto completo