Análise da vegetação montana de transição em Piraquara, Paraná

Marcelo Reginato e Renato Goldenberg

RESUMO 

Os objetivos deste trabalho foram caracterizar a composição e a estrutura da vegetação arbórea e analisar a distribuição geográfica das espécies amostradas em uma região de transição entre as Florestas Ombrófilas Mista e Densa Montana em Piraquara, Paraná.

Foi possível constatar que a Floresta Ombrófila Densa Montana no Paraná apresenta composição florística diferenciada e ainda, a existência de um gradiente transicional entre as floras de Floresta Ombrófila Mista e Densa Submontana na Serra do Mar paranaense. Tanto os dados de composição como os estruturais indicam que a comunidade analisada se apresenta em estágio avançado de sucessão e merece rigorosa conservação.

Palavras-chave: Araucaria, fitogeografia, fitossociologia, Floresta Atlântica

Veja o artigo aqui:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: