A Floresta Ombrófila Densa na Serra da Prata

Christopher Thomas Blum

RESUMO:

 Este estudo objetivou caracterizar aspectos ambientais, florísticos e estruturais das comunidades de Floresta Ombrófila Densa (FOD) existentes ao longo de um gradiente altitudinal na porção norte da Serra da Prata, município de Morretes, PR. Buscou-se detectar os diferentes sub-grupos florestais existentes e suas relações com a variação do meio físico ao longo da vertente. Através da amostragem e de observações em campo foram detectadas 283 espécies arbóreo-arbustivas, distribuídas por 135 gêneros e 63 famílias. Sob o aspecto florístico ocorreu uma divisão bastante nítida entre os pisos superiores e inferiores, denominados montanos e submontanos, coincidindo com o limite dos climas Cfa e Cfb, situado entre 700 e 800 m s.n.m.

Dentro do patamar montano, uniforme no aspecto florístico, uma maior variedade de situações pedológicas devidas ao relevo montanhoso e irregular acarretam em diferenciações estruturais das comunidades, constituindo fitotipias fisionomicamente distintas em nível de subformação. Os solos rasos e instáveis existentes nas maiores altitudes condicionam na vegetação características estruturais específicas que as distinguem das observadas nos pisos intermediários, onde ocorrem solos relativamente mais espessos.

 Palavras-chave: Serra da Prata; vegetação

 Clique aqui para baixar o arquivo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: